André Bradford apela à união e ao combate à abstenção

0 / 920

André Bradford, candidato do PS/Açores ao Parlamento Europeu, apelou hoje à unidade em torno da defesa dos Açores na União Europeia, em virtude do PSD/Açores não integrar a lista nacional dos social democratas às eleições ao Parlamento Europeu.

“Tal circunstância, obriga-nos a robustecer o nosso entendimento interpartidário e a procurar, em articulação com o poder executivo, os fundamentos para uma Região unida e preparada para defender os interesses dos Açorianos, acima de qualquer questiúncula específica de índole político-partidária”, sustentou Bradford, na apresentação da interpelação ao Governo sobre os “Desafios dos Açores na Europa pós-2020”, promovida pelo Grupo Parlamentar do PS/A na assembleia regional.

Para além dos desafios que são colocados nos próximos anos à ultraperiferia açoriana, o candidato socialista diz que nas próximas eleições, a 26 de maio, todos se devem empenhar para combater a abstenção. “Infelizmente, os Açores têm sido notícia pelo distanciamento que os nossos eleitores sentem em relação à União Europeia. É impossível conviver comodamente com os 80% de abstenção que tivemos nas últimas eleições Europeias. E todos nós aqui nesta casa temos responsabilidade nisso”, referiu.

“Temos a responsabilidade e o dever de mostrar aos açorianos que a Europa também é aqui e que as políticas europeias são determinantes. Que a nossa pertença à Europa tem resultados visíveis em todas as ilhas – nas estradas, nas escolas, nos centros de saúde, na proteção dos recursos naturais – e que o que não formos capazes de ser nós a influenciar, será sempre decidido por outros, não necessariamente de acordo com as nossa vontades e necessidades”, sustentou o candidato, acrescentando que “é nossa responsabilidade esbater o fosso que existe entre os açorianos e a Europa”.

 

09.04.2019


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *