PO 2019: PS diz que Plano e Orçamento têm marca da responsabilidade

0 / 32

O líder parlamentar do partido Socialista da Assembleia Regional considerou que o plano e orçamento da região para 2019 têm “uma marca de água distintiva: a marca da responsabilidade”.

Para André Bradford, “responsabilidade que só está ao alcance de quem sabe que não é prometendo tudo, a toda a hora, a todos, que se cumpre o desígnio de reforçar o caminho de desenvolvimento e progresso social e económico na Região”.

Para os socialistas, ambos os documentos refletem uma “opção política, que assumimos claramente como nossa, de quem tem a perfeita consciência do esforço que todos fizemos para recuperar dos tempos desafiantes por que passámos e de que, agora, é tempo de unir esforços para consolidar cada vez mais os evidentes sinais de retoma económica, de criação de melhor emprego e de geração de mais riqueza”.

André Bradford recorreu ao Município da Ribeira Grande e a algumas das opções tomadas para criticas a nova liderança do PSD/Açores, críticas que se estenderam ao grupo parlamentar social-democrata. “O PSD/Açores ficou órfão de propostas, vazio de ideias, e dependente de interesses de terceiros para definir o que pensa sobre o futuro da Região”, rematou Bradford, aludindo à posição assumida pelo PSD/Açores em relação à proposta do presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, na qual defendeu a privatização de 51 por cento da Azores Airlines e de 49 por cento da SATA Air Açores.

29.11.2018


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *