PS chumba proposta do PSD sobre a recuperação integral do tempo de serviço dos professores

0 / 59

Apesar dos votos a favor de toda a oposição, a maioria socialista chumbou uma proposta do PSD para a recuperação integral do tempo de serviço dos professores.

Os social democratas requereram o agendamento potestativo do projeto de modo a garantir que o processo se inicie no início de 2019, mas o PS entende que uma decisão sobre esta matéria está dependente do orçamento do Estado para 2019.

O PSD preconizava que a recuperação integral do tempo de serviço fosse efetuada de forma faseada, iniciando-se a 1 de janeiro de 2019 e prolongando-se durante cinco anos, de modo a que em 2023 esse tempo de serviço dos professores açorianos pudesse estar totalmente recuperado.

A proposta social democrata contabilizava, para efeitos de progressão na carreira dos docentes, o tempo de serviço entre 1 de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2017.

16.10.2018


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *