PSD defende salvaguarda da mobilidade aérea dos açorianos

0 / 100

O PSD entregou hoje no parlamento açoriano um Projeto de Resolução, preconizando a pronúncia, por iniciativa própria da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores em relação às alterações ao modelo de mobilidade aérea entre os Açores, Portugal continental e a Madeira.

Para Duarte Freitas, líder dos social-democratas, as únicas alterações aceitáveis ao subsídio social de mobilidade, pago aos residentes nas ligações aéreas entre os Açores e o exterior, é a “simplificação do processo de reembolso das passagens aéreas dos passageiros residentes e uma melhor divulgação dos encaminhamentos previstos para as ilhas sem rotas liberalizadas”.

“Recusamos qualquer passo atrás no modelo que signifique tetos financeiros, condicionamento de horários ou de número de viagens por açoriano”, assegurou.

De acordo com o presidente do PSD, “os 134 euros como limite máximo para os residentes e os 99 euros para os estudantes, em viagens de ida e volta ao continente, são uma conquista dos açorianos que não admitimos que possa ser posta em causa”.

18.04.2018

 


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *