PS quer acabar com más práticas no transporte de cadáveres

0 / 214

O Partido Socialista avançou com uma proposta no sentido de garantir que as regras aplicáveis ao transporte de cadáveres são cumpridas, integralmente, nas ilhas do Triângulo, defendendo que o Governo Regional, elabore um documento orientador sobre as regras do transporte de cadáveres entre as ilhas do Pico, Faial e São Jorge.

“Temos alertado para esta situação e temos desenvolvido um conjunto de diligências para evitar situações que se repetem e que têm causado um transtorno incomensurável às famílias picarotas, pelo abusivo retardamento no processo de transporte dos cadáveres de familiares falecidos no Hospital da Horta”, sustentou Miguel Costa, acrescentando que “as regras não estão a ser devidamente cumpridas, por parte de alguns operadores funerários, nomeadamente no transporte de cadáveres, por via marítima”.

“Defendemos que seja elaborado um documento orientador com as regras do transporte de cadáveres entre estas três ilhas, que o mesmo seja comunicado a todos os agentes funerários e que, seja fiscalizado o seu cumprimento, através dos organismos competentes”, adiantou o deputado socialista.

A proposta socialista recomenda também que a Atlânticoline, “providencie a elaboração de um regulamento para o transporte marítimo de cadáveres, nos seus navios que fazem diariamente essas ligações”.

22.02.2018

 


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *