USI Pico: PSD acusa PS de “ajuste de contas”

0 / 189

O Grupo Parlamentar do PSD acusou o PS e o Governo Regional de “ajuste de contas” em relação aos ex-administradores da Unidade de Saúde de Ilha do Pico (USIP, exonerados em abril último.

No debate de urgência sobre o funcionamento da USIP e as ingerências político-partidárias na sua gestão, suscitado por toda a oposição (PSD, CDS-PP, BE, PCP e PPM), Luís Maurício sustentou que “este Partido Socialista não se contenta com a maioria que tem. Quer controlar tudo e todos. E quem discorda arrisca-se a ser despedido e humilhado publicamente”.

 “Este Partido Socialista perdeu toda a vergonha” disse, acrescentando que “os três anteriores administradores da USIP resistiram às interferências ilegítimas do Partido Socialista e recusaram submeter o interesse público aos interesses partidários”.

Segundo Luís Maurício, “em ano de eleições autárquicas vale tudo para este Partido Socialista. Dirigentes locais do Partido Socialista mandam nos serviços da administração pública e até mandam em membros do Governo Regional”.

11.07.2017

 


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *