Executivo das Lajes do Pico constituído arguido

0 / 1080

O presidente e o vice-presidente da Câmara Municipal das Lajes do Pico foram constituídos arguidos num processo que envolve um apoio financeiro à filarmónica Liberdade Lajense. 

Em 2010, a Câmara Municipal das Lajes do Pico concedeu um apoio financeiro à filarmónica Liberdade Lajense, para fazer face às obras de recuperação da sede daquela instituição. Legalmente, o apoio só deveria ser concedido após a conclusão do projeto, o que não se veio a verificar e que motivou uma queixa anónima à Polícia Judiciária.

Roberto Silva diz que nada tem a temer e que a situação está prestes a ser ultrapassada.

Esta não é a primeira vez que o executivo liderado por Roberto Silva é alvo de queixas anónimas à Polícia Judiciária, por alegadas irregularidades.

12.12.2016

 


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *