PS recusa estudo sobre modelos alternativos do transporte de carga

0 / 820

15.04.2016

A maioria socialista no parlamento açoriano chumbou um projeto de resolução apresentado pelo CDS/PP que recomendava ao Governo Regional a realização de um estudo de viabilidade económica de diferentes modelos de transporte marítimo de mercadorias que contemple e articule o transporte de carga do Continente para os Açores e a distribuição da carga inter-ilhas.

Segundo os populares, “a economia açoriana está estrangulada pelos transportes” e “o atual modelo de transportes marítimos de mercadorias acarreta custos demasiado elevados, que penalizam a competitividade das empresas açorianas, quer na exportação dos seus produtos quer na importação de fatores de produção”. Dirigindo-se ao PS, Artur Lima, líder do CDS/PP, chegou mesmo a dizer que “o Governo está a defender interesses” de terceiros, acusação refutada pelo executivo açoriano.

Do lado das bancadas socialista e governamental, os argumentos para o chumbo à proposta do CDS/PP assentaram no pressuposto de que o prazo de seis meses era exíguo para um trabalho desta dimensão, salientando-se que o atual modelo proporcionava a igualdade em todas as ilhas, ao contrário da proposta que visava uma alteração que poderia criar diferenciação entre as ilhas, considerando que não trazia nada de novo, lembrando que a atual legislação permite alterações.

 


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *