Parlamento aprova estudo da hidrodinâmica do Porto Velho, na Madalena

0 / 625

14.04.2016

O parlamento açoriano aprovou esta tarde um projeto de resolução apresentado pelo Bloco de Esquerda (BE) que preconiza a realização de um estudo que permita identificar as causas e os efeitos da acumulação de algas no Porto Velho, na Madalena do Pico. Segundo o BE, deve o Governo Regional encomendar à Universidade dos Açores um estudo da hidrodinâmica do local, “com o intuito de prevenir a ocorrência de situações semelhantes no futuro”.

Embora o governo e o próprio Partido Socialista tenham referido que continuam a decorrer os trabalhos de limpeza no Porto Velho, até porque nos últimos dias voltou-se a assistir a uma nova acumulação de algas, e que foram realizadas análises à água e ao ar por parte da Portos dos Açores, SA, os partidos da oposição querem saber se as situações que se tornaram frequentes nos últimos meses devem-se ou não à construção do novo Terminal de Passageiros. Isto, porque no parecer remetido ao parlamento por parte da Universidade dos Açores, no âmbito do diploma agora aprovado, refere que “deve-se considerar que a recente construção do porto novo teve necessariamente implicações na geomorfologia original do local com consequências a vários níveis, nomeadamente no padrão da circulação oceânica e na associada atividade hidrodinâmica”.

O projeto do BE foi aprovado por unanimidade.

 


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *