PSD/Açores quer TC a escrutinar empresas públicas

0 / 1212

O PSD/Açores lançou o repto ao Tribunal de Contas (TC) para que escrutine as empresas públicas regionais, acusando o executivo regional da “prática de ilegalidades”.  Segundo Luís Maurício, vice-presidente da bancada social-democrata no parlamento açoriano, “é eticamente reprovável e juridicamente condenável a posição do Governo Regional sobre a gestão dos dinheiros públicos da região”, sublinhando “como se pode constatar, a propalada consolidação das contas regionais faz-se à conta dos saldos em mora por incumprimento dos prazos de pagamentos contratualmente estabelecidos. É grave que o vice presidente do governo regional considere que essas são situações normais”.

O vice presidente da bancada do PSD/Açores, lembrou que “os pareceres dos revisores de contas das instituições de saúde da região frisam todos os anos que há saldos em dívida aos fornecedores, muitas deles que se prolongam no tempo. E, de facto, não há uma empresa do setor que não se queixe dos pagamentos atrasados por parte do Governo Regional”.

“Voltamos a assistir, nesta casa, ao mesmo discurso de sempre. Foi assim, e continua a ser, o discurso do PS nos últimos três anos, dizendo que o quer corre bem é mérito do Governo Regional, e o que correu mal deveu-se ao ajustamento brutal das dificuldades colocadas pela República”, frisou Luís Maurício, durante o debate do Plano e do orçamento da região para 2016.


Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *